Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe em contraciclo com Europa


 

Entre a congéneres da bolsa portuguesa, as perdas oscilaram entre 0,06% de Paris e 0,48% de Madrid, num dia em que o sector automóvel esteve pressionado na sequência de ‘downgrades’, e depois de anunciado o adiamento da decisão sobre a nova tranche de ajuda à Grécia.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,36% para 5.324,2 pontos, com 10 títulos positivos, nove negativos e um inalterado, a Galp Energia, que fechou a cotar a 12 euros. Ainda entre as acções do sector energético, a REN deslizou 0,1%, enquanto EDP e EDP Renováveis terminaram o dia com ganhos de 0,2% e 0,85%, respectivamente, para 1,989 euros e 3,8 euros.

Entre os títulos que mais contribuíram para o fecho positivo do índice estiveram os do sector financeiro, com BPI a valorizar 4,77% para 0,856 euros, BES a progredir 2,72% para 0,792 euros, Banif em alta de 2,17% para 0,141 euros, tendo o BCP perdido 1,39% para 0,071 euros e o ESFG deslizado 0,37% para 5,42 euros.

Em terreno negativo ficou também a Jerónimo Martins, que terminou a sessão a perder 0,9% para 13,825 euros.

Na área de tecnologia e telecomunicações, a Sonaecom desvalorizou 0,42% para 1,424 euros, enquanto a Zon Multimédia subiu 1,26% para 2,57 euros e a Portugal Telecom avançou 0,9% para 3,8 euros, estando entre os títulos que mais contribuiu para o desempenho positivo do PSI 20 na quarta sessão da semana.