Tags: Negócio | Ações |

PSI 20 sobe com Galp a valorizar


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 0,35% de Frankfurt e 1,93% de Paris, com o sector financeiro a subir, um dia depois de o Barclays ter anunciado um programa extenso de redução de custos.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 ganhou 0,68% para 6.201,72 pontos, com sete títulos negativos e 13 em alta.

Acompanhando a tendência do exterior, a banca esteve entre as maiores subidas da sessão, com BPI a progredir 2,34%, BCP a ganhar 1,87% para 0,109 euros, o BES a somar 3,57% para 1,044 euros e o Banif a avançar 2,24% para 0,137 euros, enquanto o ESFG encerrou em queda de 0,15% para 5,18 euros.

Os títulos da área de tecnologia e telecomunicações viveram uma dia negativo, com Portugal Telecom a desvalorizar 0,97% para 4,08 euros, limitando uma maior subida do PSI 20, tendo Sonaecom e Zon Multimédia terminado com perdas de 0,81% e 0,47%, respectivamente, para 1,473 euros e 3,359 euros.

Entre as energéticas, a EDP Renováveis foi a excepção, ao perder 0,1% para  3,97 euros; a EDP progrediu 0,71% para 2,412 euros, a REN somou 0,04% para 2,32 euros e a Galp Energia encerrou a valorizar 2,41% para 12,115 euros, dando significativo contributo para a subida do índice.

Em alta fechou também a Jerónimo Martins, com um ganho de 0,35% para 15,655 euros.