Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe com banca em destaque


Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Madrid e Londres terminaram positivas, com ganhos de 0,15% e 0,05%, respectivamente, enquanto Paris desceu 0,39% e Frankfurt 0,16%, num dia marcado pelas reuniões de BCE e do Banco de Inglaterra, que mantiveram as taxas de juro inalteradas em 0,75% e 0,50%, respectivamente.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 1,29% para 6.090,64 pontos, com 15 títulos positivos, quatro negativos e um inalterado, a Sonae, que fechou a cotar a 0,744 euros.

Nas valorizações destaque, a exemplo de ontem, para a banca, que continua num movimento de recuperação após os mínimos alcançados no ano passado. O BPI valorizou 8,81% para 1,285 euros, o BCP somou 4,65% para 0,09 euros, o BES progrediu 4,55% para 1,15 euros, tendo o ESFG avançado 3,2% para 5,49 euros e o Banif deslizou 2,08% para 0,141 euros.

Entre os títulos de tecnologia e telecomunicações, a Zon Multimédia desceu 0,66% para 3,15 euros, enquanto a Sonaecom progrediu 0,27% para 1,485 euros e a Portugal Telecom avançou 1,18% para 4,2 euros, estando entre os títulos que mais contribuíram para a subida do índice.

O sector energético viveu uma sessão positiva, com a EDP em alta de 0,55% para 2,368 euros, a EDP Renováveis a subir 0,73% para 4,16 euros, a Galp Energia a avançar 0,62% para 12,145 euros e a REN com um ganho de 0,79% para 2,159 euros.

Em terreno positivo encerrou também a Jerónimo Martins, com uma valorização de 0,79% para 14,68 euros.

O Mais Lido