Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe com banca e PT em forte alta


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 0,37% de Paris e 0,86% de Frankfurt, com o sector financeiro a liderar os mercados, “ajudado por resultados acima do esperado divulgados por instituições como HSBC e Societe Generale”, adiantou fonte do mercado.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,90% para 6.356,56 pontos, com 15 títulos positivos, quatro negativos e um inalterado, a Jerónimo Martins, que fechou a cotar a 18 euros. O dia foi “claramente marcado pela primeira emissãoo de dívida pública a 10 anos por um custo que ainda não foi divulgado, mas que não terá ficado longe das taxas de mercado (5,43%)”, referiu a mesma fonte.

Entre as maiores valorizações do dia ficou o sector financeiro, “que tradicionalmente é correlacionado com muita proximidade com a dívida pública”. O BES somou 2,56% para 0,923 euros, o BPI a progrediu 1,7% para 1,139 euros, o Banif ganhou 0,85% para 0,118 euros e o BCP a avançou 2,8% para 0,11 euros, apesar de “ter divulgado ontem resultados que ficaram ligeiramente aquém das estimativas médias, com a margem de intermediação do banco em Portugal a atingir novamente níveis muito baixo”, sublinha a mesma fonte.

Na área de telecomunicações destaque para a Portugal Telecom, que valorizou 2,16% para 4,015 euros, tendo a Zon Multimédia encerrado em alta de 0,99% para 3,454 euros e a Sonaecom deslizado 1,39% para 1,77 euros.

No sector energético, EDP e EDP Renováveis terminaram a sessão no ‘vermelho’, a perder 0,61% e 0,67%, respectivamente, para 2,6 euros e 4,01 euros, enquanto a Galp Energia progrediu 0,81% para 12,49 euros e a REN subiu 0,22% para 2,329 euros.

Próximos eventos