PSI 20 sobe 2,4% em sessão em que BPI e BES lideraram ganhos


 

As bolsas reagiram em forte alta ao anúncio, pelo presidente do BCE, Mario Drgahi, do programa de compra de dívida de curto prazo dos países intervencionados.

A bolsa de Madrid avançou 4,91%, a de Frankfurt 2,91%, a de França 3,06% e a e Londres 2,11%, enquanto a Euronext Lisbon encerrou com uma subida de 2,43%, para 5.171,77 pontos.

Entre os 18 títulos, apenas dois não fecharam positivos, concretamente a Semapa, que desceu 0,17%, para 5,418 euros, e o BCP, que recuou 2,35% para 0,083 euros , um dia após ter divulgado as condições do aumento de capital de 500 milhões de euros. Para os restantes títulos da banca, a sessão foi positiva, com destaque para o BPI, que valorizou 12,13% para 0,675 euros, e para o BES, com uma subida de 8,3% para 0,613 euros, tendo o ESFG encerrado com um ganho de 0,56% e a cotar a 5,43 euros.

Entre os títulos que mais impulsionaram o índice na sessão de hoje então a EDP e a Galp Energia, com valorizações de 3,07% e 3,83%, respectivamente, para 2,083 euros e 12,6 euros. Ainda no mesmo sector, a EDP Renováveis somou 2,88% para 3,035 euros e a REN fechou a cotar a 2,033 euros com uma subida de 1,35%.

Na área de TMT destaque para o ganho de 2,24% da Portugal Telecom para 3,879 euros, enquanto a Zon Multimédia subiu 2,27% para 2,25 euros e a Sonaecom encerrou a sessão a cotar a 1,276 euros com uma valorização de 1,03%.