Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 regressa aos ganhos com BCP em destaque


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as subidas oscilaram entre 0,35% de Frankfurt e 2,20% de Madrid, com dados positivos sobre a Zona Euro e empresas como a Munich Re a BP a apresentarem resultados superiores às estimativas dos analistas.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,6% para 6.172,93 euros, com sete títulos negativos, 12 positivos e um inalterado, a Galp Energia, que fechou a cotar a 12 euros.

Ainda entre as energéticas, a EDP e a Renováveis avançaram 0,63% e 2,33%, respectivamente, para 2,38 euros e 3,95 euros, enquanto a REN recuou 1,04% para 2,285 euros.

No sector financeiro, o Banif desceu 0,71% para 0,139 euros e o ESFG perdeu 0,94% para 5,25 euros, tendo o BPI progredido 2,8% para 1,285 euros, o BES – que apresentou contas trimestrais após o fecho - somado 0,58% para 1,035 euros, e o BCP a valorizar 7,07% para 0,106 euros, com notícias sobre uma possível venda da unidade na Grécia.

Os títulos da área de tecnologia e telecomunicações viveram uma sessão positiva, com Portugal Telecom a somar 1,79% para 4,158 euros, estando entre as acções que mais contribuíram para a subida do PSI 20, a Sonaecom a progredir 0,27% para 1,464 euros e a Zon Multimédia a avançar 0,84% para 3,23 euros.