Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 fecha semana em alta puxado por Galp e EDP


Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Madrid contrariou a tendência ao perder 0,33%, enquanto Londres valorizou 0,49%, Frankfurt 0,19% e Paris 0,64%, com resultados empresariais melhores que o esperado e divulgação de um aumento das exportações alemãs, em Março.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,18% para 6.275,60 pontos, com 11 títulos negativos e nove positivos.

Entre os que mais contribuíram para a valorização do índice estiveram a Galp Energia e a EDP, que encerraram a sessão em alta de 0,80% e 0,69%, respectivamente, para 12,64 euros e 2,624 euros; os restantes títulos do sector energético fecharam em queda, com EDP Renováveis a perder 0,56% para 4,107 euros e REN a deslizar 0,43% para 2,335 euros.

Na banca, o BPI fechou o dia em queda de 0,27% para 1,125 euros, o BES a descer 1,36% para 0,798 euros e o Banif a recuar 0,87% para 0,114 euros, tendo o BCP contrariado a tendência e encerrado a valorizar 1,9% para 0,107 euros.

Na área de telecomunicações, a Sonaecom terminou o dia em alta de 1,17% para 1,816 euros e a Portugal Telecom com um ganho ligeiro de 0,03% para 3,971 euros, enquanto Zon Multimédia desvalorizou 0,77% para 3,473 euros.

Na semana, o PSI20 registou uma valorização marginal (+0.35%), “marcada pelo sucesso da emissão de dívida da República portuguesa a 10 anos (e que deu um impulso positivo a todo o mercado) e pela divulgação dos resultados do primeiro trimestre” de diversas empresas, refere Jorge Guimarães, director adjunto da gestão de activos, da Banif Gestão de Activos.

“A qualidade dos resultados apresentados foi um factor determinante para os diferenciais de performance da semana, já que empresas como a Altri (+3.93%) e a Sonae SGPS (+3.8%), que apresentaram bons resultados, registaram desempenhos favoráveis, enquanto que o BES caiu 9.52%, penalizado por um conjunto de resultados trimestrais abaixo da expectativa do mercado”, acrescenta.

Profissionais
Empresas