PSI 20 fecha primeira sessão a semana em queda


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as desvalorizações oscilaram entre 0,48% de Paris e 1,73% de Madrid, depois de a Europa ter aprovado as condições de resgate para o Chipre, que incluem um imposto extraordinário sobre depósitos, o que renovou alguns receios sobre a evolução da crise na região.

Na NYSE Euroenext Lisbon, o PSI 20 desceu 1,26%, para 6.108,07 pontos, com 12 títulos negativos, sete positivos e um inalterado, o Banif, que encerrou a cotara  1,131 euros, no dia em que a Novabase regressou ao PSI 20, para o lugar do ESFG.

A tecnológica valorizou 0,33% para 3,0 euros, tendo o grupo financeiro fechado também em alta, a somar 3,79% para 5,2 euros, no dia em que apresentou resultados referentes a 2012.

Os outros três títulos do sector financeiro no PSI 20 viveram uma sessão negativa, com BPI a perder 0,72% para 1,105 euros, o BCP a recuar 3,6% para 0,107 euros e o BES a deslizar 5,1% para 0,93 euros.

A primeira sessão da semana foi também de perdas para as energéticas, com EDP e EDP Renováveis a descer 0,45% e 1,63%, respectivamente, para 2,419 euros e 4,043 euros, a Galp Energia a perder 0,29% para 12,1 euros e a REN a cair 0,35% para 2,282 euros.

Entre as empresas de tecnologia e telecomunicações, a Zon terminou o dia em queda de 1,1% para 3,422 euros, a Portugal Telecom a deslizar 1,31% para 4,083 euros, enquanto a Sonaecom contrariou a tendência e subiu 1,3% para 1,711 euros.

Em alta fechou também a Jerónimo Martins, com um ganho de 0,54% para 15,735 euros, num dia em que a Cofina esteve em destaque ao somar 5,78% para 0,549 euros, protagonizando o maior ganho do dia.

O Mais Lido