Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 fecha em alta ligeira


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Frankfurt valorizou 0,06%, enquanto Madrid, Londres e Paris encerraram a perder 0,40%, 0,45% e 0,10%, respectivamente, com os resultados de empresas como Enel e Inditex a pressionarem em baixa, num dia em que nos EUA foi divulgado que as vendas a retalho aumentaram o máximo em cinco meses.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,04% para 6.066,66 pontos, com 11 títulos positivos, oito negativos e um inalterado, o Banif, que encerrou a cotar a 0,132 euros.

Ainda no sector financeiro, o BPI caiu 0,94% para 1,159 euros, o BCP recuou 0,91% para 0,109 euros, tendo o BES avançado 0,10% para 0,966 euros e o ESFG progredido 0,08% para 5,259 euros.

Entre as energéticas, o EDP e a EDP Renováveis encerraram com ganhos de 0,21% e 0,74%, respectivamente, para 2,36 euros e 3,947 euros, enquanto a Galp Energia deslizou 0,46% para 11,995 euros e a REN recuou 1,02% para 2,227 euros.

Na área de tecnologia e telecomunicações, a Portugal Telecom teve uma sessão negativa, tendo encerrado com uma queda de 0,42% para 4,008 euros, a Zon Multimédia desceu 0,03% para 3,381 euros e a Sonaecom contrariou a tendência e avançou 0,64% para 1,578 euros.

Em alta fechou também a Jerónimo Martins, com uma subida de 0,29% para 15,495 euros, num dia em que as valorizações foram lideradas pela Sonae SGPS, com um ganho de 1,9% para 0,698 euros, no dia em que anunciou resultados e o objectivo de internacionalizar a área de negócio de retalho alimentar. 

O Mais Lido