Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 desce com maioria dos títulos em queda


Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as desvalorizações oscilaram entre 0,86% de Madrid e 2,12% de Londres, no dia em que foi conhecido o PIB da zona euro, que caiu 1,1% no primeiro trimestre de 2013. “A contribuir para esta performance esteve sobretudo o facto de hoje terem sido conhecidos bons resultados nos dados económicos dos EUA, com um aumento no número de postos de trabalho criados em Maio e o indicador que mede a actividade dos serviços ter sido superior ao estimado, dando assim mais força à crescente preocupação sobre a possível redução ou mesmo retirada do programa de apoio à economia (“quantitative easing”) por parte da Reserva Federal dos EUA”, refere José Barroso, gestor de activos no Banco Popular.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 0,98% para 5.873 euros, com 15 títulos negativos, três positivos e dois inalterados, concretamente a Sonae Indústria e o BCP, que encerraram a cotar a 0,519 euros e 0,104 euros, respectivamente.

Ainda no sector bancário, o BPI caiu 1,37% para 1,01 euros, o BES perdeu 1,81% para 0,76 euros e o Banif recuou 4,67% para 0,102 euros.

A Jerónimo Martins também encerrou ‘no vermelho’, com uma descida de 1,13% para 16,15 euros.

Entre as energéticas, a EDP terminou o dia a descer 0,69% para 2,458 euros, a EDP Renováveis a recuar 1,91% para 3,95 euros, a Galp Energia a desvalorizar 1,73% para 12,525 euros, tendo a REN avançado 0,59% para 2,23 euros.

Em terreno positivo fecharam igualmente a Mota-Engil, em alta de 0,45% para 2,23 euros, e a Portugal Telecom, que ganhou 0,33% para 3,376 euros. Ainda na área de telecomunicações, a Sonaecom deslizou 1,61% para 1,53 euros e a Zon Multimédia caiu 1,91% para 3,433 euros.

O Mais Lido