Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 desce 1,8% pressionado por energia e banca


 

Entre as principais congéneres da bolsa portuguesa, as quedas oscilaram entre 0,43% de Londres e 1,15% de Paris, com os investidores preocupados com a situação de Espanha e com o evolução da economia europeia.

O índice de referência da Euronext Lisbon fechou a perder 1,81% para 5.301,6 pontos, com 16 títulos negativos, um inalterado e também um em alta. A EDP Renováveis foi a excepção positiva, registando uma subida de 1,85% para 3,576 euros, mantendo a tendência das sessões anteriores, influenciada por uma melhoria na recomendação.

Ainda no sector energético, a EDP recuou 2,53% para 2,238 euros e a Galp Energia caiu 2,16% para 12,915 euros, pressionando o índice em baixa, enquanto a REN deslizou 0,99% para 2,0 euros. A penalizar o PSI 20 esteve também a Jerónimo Martins, com uma queda de 2,18% para 12,57 euros.

No sector financeiro, o BPI recuou 4,12%, para 0,815 euros, e o BES desceu 4,44% para 0,645 euros, protagonizando a maior queda do dia na bolsa portuguesa; o BCP ficou inalterado em 0,06 euros e o ESFG deslizou 1,12% para 5,488 euros.

Na área de TMT, a Portugal Telecom desvalorizou 1,1% para 3,965 euros, tendo Sonaecom e Zon Multimédia encerrado a perder 2,22% e 3,42%, respectivamente, para 1,28 euros e 2,2 euros.

O Mais Lido