Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 contraria Europa e fecha em queda


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, o dia foi de ganhos, abaixo de 1%, com o mercado animado pelo crescimento da actividade de fusões e aquisições e com um aumento superior acima do esperado das vendas a retalho nos Estados Unidos.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 terminou o dia a recuar 0,18% para 5.350,72 pontos, com a 11 títulos no ‘vermelho’, sete em alta e dois inalterados, a Sonae Indústria e a Zon Multimédia, a cotarem a 0,568 euros e a 2,276 euros, respectivamente. Num dia sem tendência definida para a área de TMT, a Sonaecom fechou a somar 0,29% para 1,368 euros, enquanto a Portugal Telecom (PT) deslizou 0,84% para 3,78 euros.

Entre os títulos do sector de energia, a EDP desvalorizou 0,77% para 2,074 euros,  a EDP Renováveis desceu 1,1% para 3,6 euros e a REN caiu 0,2% para 1,995 euros, tendo a Galp Energia contrariado a tendência e fechado com um ganho de 0,66% para 12,98 euros, ajudando a travar uma queda maior do índice.

No sector financeiro, a sessão foi maioritariamente positiva, com BPI a subir 0,84% para 0,845 euros, o BCP a progredir 1,35% para 0,075 euros e o Banif a somar 0,57% para 0,176 euros, enquanto BES e ESFG fecharam a perder 0,15% e 0,11%, respectivamente, para 0,665 euros e 5,444 euros, respectivamente.

A Jerónimo Martins terminou também a primeira sessão da semana em terreno negativo, a recuar 0,21% para 14,02 euros.