Tags: Obrigações | Ações | EUA |

PSI 20 continua no vermelho


Na mesma tendência do dia de ontem, o índice de referência português continua em queda  caindo  1,93% para os  5.861,800 euros. Nas restantes congéneres europeias, o cenário também não foi animador , com Madrid a cair 2,96%, Paris 2,42% e Frankfurt 2,28%.

Na NYSE Euronext Lisboa todas as empresas cotadas encerraram no vermelho, excepto a Portucel e a REN.

A maior queda do dia pertenceu ao Banif, que desvalorizou 8,33% para os 0,011 euros. Logo em seguida o BES desceu 6,11% para os 0,830 euros. O BCP, por seu lado, desvalorizou um pouco menos, mais ainda assim caiu mais caiu quase 1,98%, para os 0,099 euros. O banco de Fernando Ulrich desvalorizou 1,82% para os 0,973 euros.

Na energia as quedas não ultraparam os 2% e a REN conseguiu valorizar 0,27% para os 2,206 euros. A EDP renováveis, no entanto, caiu 1,69% para os 3,730 euros, enquanto a EDP energia caiu 0,56% para os 2,675 euros. A Galp também em queda acabou por cair 1,56% para os 12,620 euros.

Nas telecomunicações a maior desvalorização do dia pertenceu à PT, que caiu 3% atingindo os 2,817 euros. Também a Zon Multimédia, depois de integrar a Optimus, viu a cotação das suas acções descer 1,75% para os 4,156 euros. A Sonaecom, por seu turno, desvalorizou 0,44% para os 1,810 euros.

As retalhistas também em queda, com a Sonae SGPS a cair quase 3% para os 0,814 euros, e a Jerónimo Martins a desvalorizar um pouco menos , 1,43%, para os 15,200 euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido