Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 começa semana a perder 1%


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as desvalorizações oscilaram entre 0,22% de Londres e 2,27% de Madrid, com os investidores apreensivos com a situação do Chipre e impactos na Zona Euro, assim como com as declarações do presidente do Eurogrupo, que disse, em entrevista à Reuters, que o modelo de resgate aprovado para aquele país pode voltar a ser usado em outras situações idênticas que surjam na região.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 1,19% para 6.023,27 pontos, com 14 títulos negativos, cinco positivos e um inalterado, a Sonae SGPS, que fechou a cotar a 0,709 euros.

Entre as descidas mais acentuadas esteve o sector bancário, tendo BPI recuado 2,4% para 1,056 euro, o BCP caído 3,77% para 0,102 euros, o BES descido 4,43% para 0,863 euros e o Banif deslizado 0,78% para 0,127 euros.

Para os títulos da área de telecomunicações o dia foi igualmente negativo, com a Portugal Telecom a fechar a perder 0,34% para 4,066 euros, enquanto Sonaecom e Zon Multimédia terminaram o dia com quedas de 1,43% e 1,78%, respectivamente, para 1,655 euros e 3,32 euros.

Entre as energéticas, a EDP caiu 0,52% para 2,465 euros, a EDP Renováveis desceu 1,97% para 3,979 euros, a Galp Energia deslizou 0,37% para 12,13 euros, tendo a REN sido excepção ao progredir 0,26% para 2,3 euros.

Sessão positiva viveu também a Jerónimo Martins, que valorizou 0,42% para 15,63 euros, ajudando a travar uma queda mais acentuada do PSI 20.