Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 cai pressionado por banca e Jerónimo Martins


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Londres e Madrid desceram 0,22% e 0,23%, respectivamente, tendo Frankfurt somado 0,20% e Paris progredido 0,30%, com alguma recuperação das quedas da manhã e o sector mineiro a pressionar.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 0,31% para 6.111,28 pontos, com 14 títulos negativos, cinco positivos e  um inalterado, a REN, cque fechou a cotar a 2,27 euros.

A penalizar o índice esteve sobretudo a banca, com BPI a descer 4,77% para 1,238 euros, o BES a deslizar 4,3% para 1,091 euros, o BCP a perder 1,09% para 0,091 euros e ESFG a cair 0,62% para 5,41 euros; o Banif destacou-se do lado dos ganhos, a subir 16,13% para 0,144 euros, no dia em que os accionistas aprovaram o apoio estatal de 1,1 mi milhões de euros.

Entre as energéticas, a EDP foi uma excepção, ao subir 0,38% para 2,368 euros, tendo a Renováveis terminado o dia com uma queda de 0,53% para 4,148 euros e a Galp Energia com um recuo de 0,41% para 12,1 euros.

A pressionar em baixa o PSI 20 esteve também a Jerónimo Martins, que desvalorizou 1,13% para 15,32 euros.

Na área de tecnologia e telecomunicações, a Zon Multimédia caiu 0,38% para 3,14 euros, enquanto a Sonaecom subiu 1,17% para 1,467 euros e Portugal Telecom avançou 2,4% para 4,23 euros, beneficiando de um ‘research’ positivo do Citi.