"Procuramos ampliar a oferta de alternativas de investimento"


A Millennium GA lança, pela primeira vez nos últimos dois anos, um novo fundo de investimento - Millennium Multi Assets Selection - que já ultrapassa um milhão de euros de activos sob gestão

Qual o racional subjacente ao lançamento deste novo fundo?

Com o lançamento deste novo fundo de investimento – um fundo de fundos misto - a Millennium Gestão de Activos pretende evidenciar ao mercado a sua confiança na disponibilização deste tipo de soluções de investimento e consubstanciar o caráter inovador que sempre distinguiu a oferta de fundos de investimento da sociedade gestora. Este lançamento enquadra-se também na estratégia prosseguida pela sociedade gestora de, em paralelo com a simplificação da oferta, reforçar a disponibilização de produtos mais adequados às necessidades dos investidores na atual conjuntura.

Porquê um fundo multi-ativos?

Com este novo produto, procuramos ampliar a oferta de alternativas de investimento adequadas aos investidores nacionais, indo de encontro ao perfil de risco predominante, através da diversificação por classes de ativos e por diferentes zonas geográficas, por forma a otimizar o potencial de rendibilidade da carteira, mitigando os riscos de mercado. Pensamos, desta forma, proporcionar um produto bastante apropriado para o atual contexto de volatilidade dos mercados financeiros.

O que diferencia este fundo?

Trata-se de um fundo multi-ativos, com perfil de risco tendencialmente conservador, mas com flexibilidade para assumir risco de forma moderada, em contextos favoráveis, tanto no espaço das obrigações, como das ações. Outros fatores distintivos são o maior peso da dívida empresarial face à dívida pública, tendo em conta os riscos associados ao crescimento do endividamento público dos últimos anos, e uma perspetiva mais global, com um reforço da alocação aos mercados não europeus. 

Como está actualmente constituída a carteira do fundo?

O fundo reparte os seus investimentos entre obrigações e ações, com predomínio das primeiras devido ao perfil de risco objetivo. O investimento em obrigações inclui componentes de taxa variável de dívida indexada à inflação e dívida de taxa fixa.  A dívida, governamental e empresarial, reparte-se geograficamente pela Europa, EUA e Mercados Emergentes. A classe de ações é igualmente diversificada geograficamente incluindo, em adição às áreas atrás citadas, a Ásia.

Quem é que vai gerir o novo fundo?

O fundo será gerido internamente pela Millennium Gestão de Activos, à semelhança do que sucede com os outros fundos multi-ativos – os três fundos Millennium Prestige e os três fundos Millennium PPR - e com 80% da oferta da sociedade gestora.

Empresas

Notícias relacionadas