Tags: ETF |

Procura por ETFs sobre Europa e tecnologia em alta no mês de outubro


Depois de, no mês de setembro, termos visto que a utilização de ETFs por parte dos clientes do ActivoBank e do Banco BEST foi bastante diversificada, é tempo de analisarmos o que se passou no mês de outubro.

Do lado dos clientes do ActivoBank, Bruno Pinhão constata que existe um interesse crescente por ETFs, sendo que “a alavancagem é a principal solução de investimento no que diz respeito a estes ativos”.

Quanto ao posicionamento, mantém-se igual ao do mês anterior, com “uma tendência unânime na valorização do mercado”, adianta o profissional. Neste sentido, Bruno Pinhão revela que as estratégias passam pela “valorização de ETFs sobre tecnologia, financeiras ou índices, e apostando na queda de ativos de refúgio como o ouro”. Do lado da obtenção de lucro, “a negociação intraday e alavancagem a 3X predominam enquanto critérios chave”, conclui.

Europa e tecnologia

No que diz respeito à utilização por parte dos clientes do Banco BEST, Rui Castro Pacheco, diretor adjunto de investimentos na entidade, revela que se observou uma procura por três estratégias que seguem índices de obrigações. “Duas das preferências vão para a Europa, com um ETF especificamente sobre dívida governamental europeia de longa maturidade (10 a 15 anos), o iShares € Govt Bond 10-15yr, e outro de muito longa maturidade (15 a 30 anos), o iShares € Govt Bond 15-30yr”, explica o profissional. Já a terceira preferência recaiu sobre obrigações de mercados emergentes, com o iShares J.P. Morgan $ EM Bond.

No mesmo sentido ficou a componente de índices de ações, com a Europa a surgir novamente em destaque. Desta forma, manteve-se a preferência pelo iShares Euro Stoxx 50, que replica o comportamento das 50 maiores capitalizações europeias. O profissional destaca, ainda, a presença de dois ETFs que procuram seguir dois países em específico: “O Amundi ETF MSCI Spain, que segue o mercado espanhol, e o iShares Core DAX, que segue o mercado alemão”, acrescenta.

Por outro lado, a procura por um índice genérico e global e por um país em específico foi outra das preferências dos clientes do Banco BEST na componente de índices de ações, com o iShares MSCI World (com cobertura cambial) e o o iShares MSCI Turkey.

A tecnologia foi novamente um dos temas mais procurados, mantendo-se a procura “por uma estratégia que segue especificamente empresas que estejam a apostar em tecnologias ligadas ao lítio e a baterias, o Global X Lithium & Battery Tech”, revela Rui Castro Pacheco. O tema petróleo e gás foi outro dos temas, com o iShares Oil & Gas Exploration & Production a surgir na lista de estratégias mais procuradas.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente