Tags: Obrigações | Ações |

Procura de obrigações da REN foi mais do dobro da oferta


O ‘REN Taxa Fixa 2012-2016’, que faz parte de um programa de cinco mil milhões de euros, teve como objecto a emissão de 300 mil obrigações com o valor nominal de 1.000 euros cada (correspondente a 300 milhões de euros), já após o alargamento da emissão, que inicialmente era de 200 milhões.

A procura final desta emissão, com maturidade a 21 de Setembro de 2016, ascendeu a 600.155 obrigações, mais do dobro da oferta. 

Do total de 18.309 investidores (96% dos quais residentes), a maioria – 11.052 – ficaram com entre cinco e 50 obrigações, enquanto o segundo maior número de investidores – 5.264 – ficou com até cinco obrigações.

Os fundos obtidos com esta emissão “serão aplicáveis para os fins societários gerais do emitente”, segundo é referido na apresentação dos resultados da oferta.

Os ‘joint lead managers’ foram o BPI, Barclays e Caixa BI, tendo actuado como ‘co-managers’ o BIG, Banco Popular Portugal, Banco Português Investimento, Banif Banco Investimento, Banif, Barclays Portugal e a CGD. As sociedades de advogados intervenientes na operação foram a PLMJ e a C.M.S Rui Pena & Arnault.

Próximos eventos