Tags: Negócio |

Primeiro trimestre fecha com movimentos acima dos 3 mil milhões de euros no mercado de fusões e aquisições


Entre janeiro e março deste ano, o mercado de fusões e aquisições nacional registou um total de 72 transações. Destas, apenas 30 revelaram valores, cujo montante global ascende a 3,1 mil milhões de euros. Os dados foram divulgados pela Transactional Track Record, que destaca que o volume registado no primeiro trimestre deste ano representa uma queda de 43,4% em comparação com o mesmo período de 2017. Quanto ao número de transações, o total contrasta com as 89 verificadas entre janeiro e março do ano transato, o que representa uma diminuição de 19,10%.

Captura_de_ecra__2018-04-04__a_s_16

Captura_de_ecra__2018-04-04__a_s_16

Captura_de_ecra__2018-04-04__a_s_16

Fonte: TTR, março de 2018

No que diz respeito aos sectores mais ativos, o relatório revela que o segmento imobiliário se mantém como o mais ativo, tendo-se verificado um total de 15 transações. Apesar disso, registou-se uma queda de 32% comparativamente com o total de transações registadas no mesmo período de 2017. O sector tecnológico foi, por seu turno, o grande destaque deste primeiro trimestre de 2018, uma vez que registou um crescimento de 33% no número de operações, terminando com um total de 12.

China investe em Portugal

De acordo com o relatório, registaram-se um total de 31 operações inbound, sendo que o maior investidor estrangeiro durante o primeiro trimestre foi a China, cujo investimento em empresas nacionais ultrapassou os 1,5 mil milhões de euros. A Espanha, por outro lado, foi o país que maior número de operações realizou durante o período em questão – 10 aquisições, com um investimento total de 156 milhões de euros.

Fundos de venture capital focam-se no segmento tecnológico e da internet

Neste primeiro trimestre, o cenário de venture capital voltou a contrastar com o de private equity. Isto porque se verificou um total de nove operações de venture capital, cujo valor global das operações que revelaram valores superou os 40 milhões de euros, o que representa um crescimento de 85% em comparação com o período homólogo. Já os segmentos de tecnologia e internet foram os alvos preferidos dos fundos de venture capital.

Captura_de_ecra__2018-04-04__a_s_16

Fonte: TTR, março de 2018

Quanto aos investimentos de private equity, foram anunciadas seis transações (uma redução de 45% face ao mesmo período do ano passado), sendo que apenas duas delas revelaram o seu volume financeiro, cuja soma ascende a 1,4 mil milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-04-04__a_s_16

Fonte: TTR, março de 2018

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido

Próximos eventos