Presença de ativos alternativos nos fundos de investimento poderá dobrar


Um novo relatório realizado pela empresa de análise global Cerulli Associates, que se debruça sobre os produtos alternativos do mercado norte-americano, tanto de retalho como de institucionais, indica que os ativos alternativos dos fundos de investimento se espera que cresçam para o dobro ao nível da percentagem total de ativos dos fundos de investimento.

“Os ativos alternativos espera-se que cresçam com alguma robustez, dobrando assim a percentagem total nos ativos dos fundos de investimento durante os próximos dois anos”, indica Michele Giuditta, diretor associado da Cerulli.

“Tendo em conta que no final de 2013, os ativos alternativos dos fundos de investimento perfaziam apenas 3% do total dos ativos dos fundos de investimento, os gestores de ativos esperam que este número cresça para os 6% em 2015”, acrescenta.

“O crescimento estável dos fundos de investimento alternativos é esperado pelos consultores e pelos individuais  nos próximos anos”, explica Giuditta. “As alocações atuais estão bastante abaixo dos níveis fixados, e por isso há oportunidade para que as gestoras de investimento aumentem esses ativos”.

Com as gestoras de ativos e os consultores a manterem os seus esforços para estreitar a falha educacional existente relativamente às estratégias e produtos alternativos, a Cerulli concorda que a percentagem total de ativos alternativos no total de  ativos dos fundos de investimento irá crescer com um sólido “momentum”. 

Notícias relacionadas