Popular de Gestão de Activos lança FEI que investe em obrigações da UE


Este fundo especial de investimento (FEI) aberto, não harmonizado, iniciou actividade no passado mês de Outubro e pretende proporcionar aos investidores o acesso a uma carteira de investimento, cujo património será aplicado, no mínimo 90%, em obrigações emitidas por estados soberanos ou entidades supranacionais, obrigações hipotecárias, obrigações sobre o sector público e obrigações emitidas por uma instituição financeira sediada num estado membro da União Europeia, conforme é referido no prospecto do produto.

O Popular Objectivo Rendimento 2015 inclui na sua política de investimento a opção de um recebimento anual através do resgate de até 4,5% das unidades de participação detidas em períodos previamente estipulados pela sociedade gestora. Apesar disto, trata-se de um fundo de capitalização, não contemplando a distribuição periódica de rendimentos. Em termos de avaliação do desempenho, o fundo assume a evolução da taxa Euribor a 12 meses como o parâmetro de referência de mercado.

Este fundo vem alargar a oferta de fundos mobiliários da gestora para 17. Actualmente tem um fundo aberto de acções, um misto de acções, um de obrigações, três fundos de fundos, um fundo de tesouraria, nove fundos especiais de investimento, dos quais cinco são fechados.  

Empresas