Tags: Estilo |

Pinturas de Júlio Pomar em exposição na Galeria 111


"Atirar a Albarda ao Ar" é o título da exposição de Júlio Pomar, que está patente na Galeria 111, em Lisboa, até ao dia 9 de Março, e onde constam trabalhos dos mais recentes do do pintor.
Apresentada no final do ano passado na Cooperativa Árvore (Porto), no âmbito da atriuição do Prémio de Arte Casino da Póvoa 2012, a exposição tem no título uma ligação directa à presença do burro em vários dos quadros, é referido na apresentação da mostra, " um novo animal "no bestiário do pintor, que surgiu muito cedo na sua obra.

"O burro é aqui um novo personagem que aparece a 'atiar a albarda ao ar e também está associado com humor aos temas do fado de uma série de retratos, mas é igualmente a montada de Sancho Pança, que  regressa em mais uma visita livremente imaginária ao romace de Cerventes", é referido no mesm texto.

Além destes constam ainda, nas várias obras em exposição, todas recentemente concluídas, outros temas como a tauromaquia, um auto-retrato e um retrato de Fernando Pessoa, no qual este surge acompanhado de Alfredo Marceneiro.

A exposição de Júlio Pomar, na Galeria 111, pode ser visitada de terça-feira a sábado, entre as 10h e as 19h.

Foto: Júlio Pomar, Diálogo entre a pintura e o real imaginado, 2012, acrílico, carvão e pastel sobre tela, 159x156 cm (políptico)

O Mais Lido