Património dos fundos de pensões sobe 4,9%


De acordo com os dados divulgados pela APFIPP, no fecho do primeiro trimestre do ano, a 31 de março, o valor do património dos fundos de pensões alcançou os 19.924,3 milhões de euros. Este número representa uma subida de 4,9% face ao último trimestre de 2018. No que diz respeito ao último ano, o património deste segmento cresceu 3,0%.

No fim do trimestre, foram contabilizados, nesta amostra, 209 fundos de pensões, mais três do que no trimestre anterior. Nos primeiros três meses do ano foi constituído um novo fundo PPR e foram incluídos nesta amostra dois novos fundos de pensões fechados.

Captura_de_ecra__2019-05-29__a_s_12

Fonte: APFIPP

Sociedades gestoras

No que diz respeito às sociedades gestoras, aquela que registou o maior volume de ativos sob gestão foi a Ocidental Pensões com 5.432,1 milhões de euros, valor que representa uma quota de 27,3%. Esta gestora é seguida pela CGD Pensões e pela BPI Vida e Pensões, com quotas de 19,6% e 14,9%, respetivamente.

Em termos percentuais, a sociedade gestora que registou um maior crescimento no período em análise foi a GNB – SGFP, com 8,3%. Em termos absolutos, a entidade que teve um maior crescimento foi a CGD Pensões, com 264,5 milhões.

Captura_de_ecra__2019-05-29__a_s_12

Fonte: APFIPP

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido