Tags: Negócio |

Os fundos que mais capital atraíram nos primeiros seis meses do ano


Os fundos cujo tema passa pela proteção do capital de uma carteira continuam a ser atrativos para os investidores nacionais. Os dados da APFIPP permitem concluir que o fundo mais procurado nos primeiros seis meses do ano pertence à BPI Gestão de Activos, investindo em ativos do mercado monetário, denominados em euros. Trata-se do BPI Liquidez, fundo com classificação Blockbuster Funds People, que no período alcançou 117,6 milhões de euros de captações líquidas.

Ainda na componente defensiva, vemos o IMGA Extra Tesouraria III – FIA, um fundo com classificação Blockbuster e Consistente Funds People. O produto que nos primeiros seis meses do ano captou 29,5 milhões de euros, vê o seu sucesso justificado, segundo David Pinheiro, pela “estão eficaz da liquidez, uma análise criteriosa do risco de crédito dos emitentes em carteira, e a construção de uma relação de longo prazo com instituições financeiras da península ibérica, o que permite aumentar as alternativas de investimento disponíveis e maximizar a rendibilidade do fundo”.

O terceiro fundo que conseguiu um saldo mais robusto entre subscrições e resgates é da Santander Asset Management, que no primeiro trimestre do ano conseguiu mais de 26,5 milhões de euros de subscrições líquidas. O Santander MultiCrédito é para a Morningstar um fundo de Obrigações Taxa Indexada, que, segundo as informações online da entidade, opta por uma “política de investimento flexível, que lhe permite adaptar-se a vários contextos de mercado”.

Ainda perto dos 25 milhões de euros de entradas líquidas no período, destaque para o Caixagest Seleção Global Defensivo, da Caixagest, que arrecada 26,3 milhões de euros de fluxos no período.

Fundos com captações líquidas superiores a 1 milhão de euros no 1.º semestre

Captura_de_ecra__2016-07-21__a_s_18

Empresas

Notícias relacionadas