Tags: Ações | Multiativos |

Os fundos que lideraram no mês mais pequeno do ano


Dê as voltas que der, o mês de fevereiro é sempre o mais pequeno do ano. Ainda assim, apesar de em 2017 contar apenas com 28 dias, as valorizações dos fundos mobiliários nacionais foram assinaláveis em alguns casos. Segundo os dados publicados pela Morningstar através da sua plataforma online, o fundo nacional que mais se destacou em fevereiro foi o BPI América D, que faz parte da BPI Gestão de Activos. No segundo mês do ano o fundo registou uma rendibilidade de 6,32%, com o produto a permitir aos investidores obter exposição ao dinamismo das empresas negociadas nas bolsas norte-americanas, com exposição ao dólar - isto é, a rentabilidade do fundo é afectada positiva ou negativamente pela evolução do dólar face ao euro. Com uma rendibilidade muito próxima vem o BPI Metais Preciosos, que também está sob alçada da BPI Gestão de Activos. No mês de fevereiro, este fundo fechado registou ganhos de 6,2%. Recorde-se que este produto esteve em grande destaque ao longo do primeiro semestre do ano passado.

O primeiro fundo a intrometer-se na lista liderada pelos produtos da BPI Gestão de Activos é o NB Ações América. Gerido por Fátima Só da GNB Gestão de Ativos, o fundo registou ganhos de 5,91% no mês mais pequeno do ano. Como o mesmo foco de investimento - o mercado de ações norte-americano - vem, logo depois, o fundo IMGA Ações América. O responsável é António Dias da IM Gestão de Ativos, e o fundo registou uma valorização de 5,77% no segundo mês do ano. Estes fundos que investem na maior economia do mundo aproveitaram o facto das bolsas americanas estarem a crescer ao longo dos últimos tempos, tendo o Dow Jones quebrado a barreira dos 21 mil pontos pela primeira vez, após a 25 de janeiro ter ultrapassado os 20.000 pontos.

O quinto fundo mais rentável é, também, o primeiro da categoria de alocação. Trata-se do BPI Ásia Pacífico que é gerido pela BPI Gestão de Activos e que no mês de fevereiro registou uma evolução positiva de 5,66%. De acordo com o prospecto, o "objectivo principal do fundo é proporcionar aos seus participantes o acesso a uma carteira de activos emitidos por sociedades de países do continente Asiático e Oceânia ou que desenvolvam uma actividade significativa nessa região".

Os fundos em destaque no mês de fevereiro

Melhores_de_Fevereiro_2017

Fonte: Morningstar no final de fevereiro.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas