Tags: Pensões |

Os fundos PPR com maiores ganhos nos últimos cinco anos


Uma das principais máximas financeiras - além daquela que nos diz para não colocarmos todos os ovos no mesmo cesto - é investir pacientemente e com vista no longo prazo. Esta máxima ganha especial relevância quando falamos do investimento para a reforma. Ainda assim, apesar de investir a prazos longos, um bom acompanhamento pontual dos investimentos pode evitar alguns dissabores futuros.

Todos os meses a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – mostra a lista dos fundos geridos por entidades associadas que melhor perfomance apresentam ao longo dos últimos cinco anos, tanto nos fundos PPR como nos fundos de pensões abertos. Com o principal enfoque nos fundos PPR, verificamos que o NB PPR, gerido por Paulo Joaquim da GNB Gestão de Ativos é o produto que regista melhor rendibilidade anualizada nos cinco anos anteriores ao final do ano passado. Nesse período, a valorização anual atingiu os 9,6% e fechou 2016 com um património superior a 13,3 milhões de euros. Segundo a ficha do produto, referente ao último mês do ano, e assinada pelo gestor responsável, foi a "componente acionista" que ajudou o fundo positivamente em dezembro. Do lado oposto, foi a "componente obrigacionista e a exposição a dívida grega" que puxou o fundo para ganhos mais limitados. Em termos de perspetivas, o gestor acredita que o "foco deverá continuar em boa medida nos bancos centrais, com o BCE por exemplo a continuar a atuar no sentido de manter o mercado de dívida estável e com as taxas relativamente ancoradas a níveis historicamente baixos". Além disso, para o mercado norte-americano Paulo Joaquim acredita que é "importante continuar a monitorizar por um lado a retórica dos seus governadores e, por outro, a evolução do enquadramento macroeconómico, para tentar antever a evolução da sua política monetária", depois da subida das taxas de juro. Já sobre Donald Trump e a sua ascensão ao poder, o gestor refere que continua a existir um "elevado grau de incerteza face à capacidade de efetivamente conseguir implementar muitas das medidas referidas".

Fundos da Optimize IP em grande destaque

Os fundos PPR geridos pela Optimize Investment Partners também se destacam, no que diz respeito aos últimos cinco anos. Nesse período, os fundos Optimize Capital Reforma PPR Acções, Optimize Capital Reforma PPR Moderado e ainda o Optimize Capital Reforma PPR Equilibrado surgem em posição de destaque, com ganhos entre os 7,2% e 6,2%. Estes três produtos são geridos por Diogo Teixeira, gestor e administrador da entidade.

A fechar o top 5 surge um fundo que está sob alçada da Futuro e denomina-se de PPR Platinium. Nos últimos cinco anos a sua rendibilidade anualizada foi de 5,4% e tinha, no final do ano, quase dez milhões de euros em ativos sob gestão.

Melhor PPR é da Invest Gestão de Activos

Analisando todo o mercado nacional, verificamos que o melhor fundo PPR em Portugal nos últimos cinco anos é o Invest AR PPR. Nesse período a sua rendibilidade atingiu os 18,4% com a volatilidade a rondar os 9,5%. Gerido por Paulo Monteiro, da Invest Gestão de Activos, o fundo "registou uma valorização muito assinalável em 2016, num cenário de taxas de juros extremamente baixas, inclusive negativas no curto e médio prazo", conforme revela a factsheet de dezembro do fundo. Para este ano, Paulo Monteiro refere que o ano "vai apresentar novos desafios, nomeadamente geopolíticos. Nesse contexto, o fundo continuará a desenvolver a sua atividade normal, procurando investir de forma adequada nos momentos mais convenientes".

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido