Tags: Multiativos |

Os fundos multiativos com mais captações líquidas no mês de março


Depois de termos dado conta dos fundos que mais captaram em março no universo de fundos nacionais, olhamos agora para os fundos multiativos que mais subscrições líquidas registaram num mês em que, segundo os dados do último relatório da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), se registou um saldo positivo de 140,8 milhões de euros.

Atualmente existem 28 fundos multiativos geridos por entidades associadas da APFIPP, sendo que no mês de março foram apenas 12 os fundos que obtiveram captações líquidas positivas. Destes, apenas sete registaram um saldo positivo superior a um milhão de euros.

A Associação divide os fundos multiativos em três sub-categorias: multiativos agressivos, multiativos equilibrados e multiativos defensivos. Os primeiros são fundos cujo investimento em ações corresponde a pelo menos 65% da carteira; já os fundos equilibrados investem entre 35% e 65% no segmento acionista; por fim, nos fundos multiativos defensivos o investimento em ações não é superior a 35%.

Fundos defensivos lideram captações líquidas

No mês em questão não se registou nenhuma alteração no pódio dos fundos multiativos com mais captações líquidas. Desta forma, a Caixagest surge como a gestora em destaque, com três dos seus fundos a ocuparem as três principais posições. Dos fundos que superaram a barreira de um milhão de euros, apenas dois não se inserem na categoria de multiativos defensivos. Vejamos.

Em primeiro lugar está o único fundo que superou a barreira dos 10 milhões de euros, o Caixagest Seleção Global Moderado, um produto que detém o selo Blockbuster da Funds People, com um saldo entre subscrições e resgates superior a 19 milhões de euros. Imediatamente a seguir surge o Caixagest Seleção Global Defensivo, com um total de captações líquidas de 9.820 euros. No terceiro posto ficou o Caixagest Seleção Global Dinâmico, um fundo multiativo equilibrado, que superou os 7 milhões de euros em captações líquidas.

Dos restantes fundos, apenas um não é da responsabilidade da Santander Asset Management: o Popular Global 5, da responsabilidade da Popular Gestão de Ativos. O fundo que iniciou atividade recentemente, registou um saldo entre subscrições e resgates superior a dois milhões de euros.

Assim, à frente do fundo anterior, estão o Santander Private Moderado e o Santander Select Moderado, ambos fundos defensivos, que registaram captações líquidas superiores a seis milhões, e a quatro milhões, respetivamente.

Por último surge o Santander Select Dinâmico, outro dos fundos não defensivos que captou acima de um milhão de euros, com um total de captações líquidas de 1.399 euros. Abaixo apresentamos os fundos multiativos que obtiveram captações líquidas positivas no mês de março. 

Captura_de_ecra__2017-05-11__a_s_15

Nota: dados APFIPP, março de 2017

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido