Tags: Obrigações |

Os fundos de fixed income que mais captaram e que maior crescimento percentual registaram nos primeiros nove meses do ano


Depois de termos analisado o contexto geral no que diz respeito aos fundos que mais captaram e que maior crescimento percentual registaram nos primeiros nove meses do ano, passemos a análise para os fundos da categoria fixed income. Para esta análise, e à semelhança da análise geral, recorremos aos dados disponíveis na plataforma Morningstar Direct.

Os três fundos com maior volume de captações

Depois de ter sido o segundo produto com maior volume de captações nos primeiros nove meses do ano, entre todas as categorias, o BPI Reforma Segura PPR surge em destaque na sua categoria, com um volume de captações de cerca de 193,7 milhões de euros no período em análise. O produto de poupança reforma da responsabilidade da BPI Gestão de Activos gere um património superior a 716 milhões de euros, com uma carteira composta tanto por obrigações soberanas, como corporativas.

Logo a seguir temos um produto de obrigações de curto prazo da responsabilidade da Caixagest, o segundo fundo que maior volume de captações apresentou na sua categoria, e um dos dois cujo montante ultrapassou os 150 milhões de euros. Trata-se do Caixagest Obrigações Mais, que apresenta um saldo entre subscrições e resgates de cerca de 150,7 milhões de euros no período em questão e cujo volume de ativos sob gestão ascende a 165,1 milhões de euros.

Com um volume de captações de cerca de 102,7 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano surge outro produto da BPI Gestão de Activos, o BPI Obrigações Mundiais. Com uma carteira composta por obrigações corporativas e soberanas globais, este detém um volume de ativos sob gestão de cerca de 144,4 milhões de euros. Os três fundos apresentados foram os únicos que ultrapassaram a barreira dos 100 milhões de euros em volume de captações.

Os dez fundos fixed income com maior volume de captações nos primeiros nove meses do ano

Captura_de_ecra__2017-11-8__a_s_17

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro; AuM a 31 de outubro

Os três fundos que mais cresceram, em termos percentuais

No que diz respeito aos produtos que maior crescimento registaram, em termos percentuais, verificamos poucas alterações nos três primeiros produtos. Com um crescimento percentual de 1136,86%, o Caixagest Obrigações Mais é o fundo com maior crescimento percentual nos primeiros nove meses do ano. O seguinte fundo é o BPI Obrigações Mundiais, cujo crescimento percentual no período em análise foi de 394,89%.

Ambos os fundos foram os únicos que registaram um crescimento percentual acima dos três dígitos, sendo que o terceiro maior crescimento percentual corresponde ao Santander Multicrédito: 61,88% nos primeiros nove meses do ano.

Os dez fundos fixed income com maior crescimento percentual nos primeiros nove meses do ano

Captura_de_ecra__2017-11-8__a_s_17

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro; AuM a 31 de outubro

Empresas

Notícias relacionadas