Tags: Ações |

Os fundos de ações de DNA nacional com morada no Luxemburgo


Uma dezena de fundos. É o número redondo de produtos de ações geridos por entidades de caráter nacional com lugar assente naquela que é a maior praça financeira da Europa: o Luxemburgo.  

A gama mais extensa neste conjunto pertence ao grupo Caixabank e tratam-se dos fundos com marca BPI: o BPI GIF Africa I EUR, o BPI GIF América I, o BPI GIF BPI Euro Large Caps I, o BPI GIF Europa (LUX) I, o BPI GIF Iberia I e o BPI GIF Opportunities I. Desde o início do ano destaque para a rentabilidade entregue precisamente por este último produto: 20,57%. O fundo criado há mais de 20 anos propõe-se a investir “em ações ou ativos equiparados de empresas que no entender da sociedade gestora podem vir a beneficiar de reestruturações operacionais e financeiras ou oferecem potencial de valorização face às perspectivas de reestruturação do sector económico onde essas empresas se inserem”.

Um dos fundos mais recentes neste conjunto de produtos nacionais trata-se do Atrium Portfolio Sicav - Octant A, um fundo pertencente à gama da Atrium Investimentos. Desde o início do ano o fundo entrega um retorno de 10,81%. Na ficha mais recente do produto, datada de junho, a entidade explica que os conflitos comerciais continuam a marcar  a gestão do fundo e, por isso, “a exposição da carteira à classe acionista manteve-se no período em torno de 91%”.

Os restantes três fundos deste conjunto pertencem à GNB International Managment, e cobrem três espectros distintos de investimento: ações norte-americanas, europeias e globais. Falamos, respetivamente, do NB America Growth Fund R, do NB European Equity R e do NB Momentum. Neste conjunto de três fundos, o mais pujante nos primeiros seis meses do ano é o NB America Growth Fund R, gerido por Fátima Só. No período entrega 15,49% de rentabilidade.

Embora pela Morningstar seja classificado como fundo alternativo, juntamos ainda a esta análise o fundo long/short do Caixabank AM Luxembourg, que tem como gestores Paulo Freire de Oliveira e Pedro Maruny. Falamos do fundo BPI GIF Alt Fund Iberian Eq L&S I, que, segundo informações da empresa de análise Morningstar, apresenta em carteira uma maior preponderância do sector financeiro: 22,58%. No final de junho tinha mais de 360 milhões de euros de montante gerido. 

Fundos de ações domiciliados no Luxemburgo 

Captura_de_ecra__2019-07-11__a_s_15

Captura_de_ecra__2019-07-11__a_s_15

Fonte: Morningstar Direct, junho. 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas