Os dois fundos de obrigações que sobressaem desde o início do ano


O ano de 2018 não se tem mostrado o melhor para o universo de fixed income. Em território nacional, os fundos que investem neste segmento não apresentam os melhores resultados, mas há exceções. Analisando os dados da Morningstar Direct de final de setembro verifica-se que a rentabilidade média dos fundos nacionais do segmento de fixed income (38 fundos) não vai além de -1,02% desde que o ano de 2018 teve início.

A fintar estes resultados encontramos, como visível na tabela abaixo, dois fundos. O NB Obrigações Euro, gerido por Vasco Teles, da GNB Gestão de Ativos, é o fundo que melhores resultados alcança neste período: um retorno de 1,46%, muito destacado relativamente aos restantes companheiros de categoria.

Em entrevista à Funds People Portugal, na edição da revista número 22, já em distribuição, o profissional contava que “a valorização do último ano [do fundo] foi dominada pelos ganhos obtidos com os estreitamentos fora do normal dos prémios de Portugal e sobretudo da Grécia, que contribuíram com mais de quatro quintos para a rentabilidade total alcançada”. Uma das nuances salientadas pelo gestor é o facto desta se tratar de uma carteira concentrada em termos geográficos, muito embora “diversificada em termos de maturidades e exposição a fatores de risco”.

De um fundo de obrigações governamentais passamos para um segmento diferente, mais concretamente um fundo que investe maioritariamente em ativos monetários de curto prazo. Entregando 0,54% de rentabilidade nos primeiros nove meses do ano, o EuroBic Tesouraria B, denominado em dólares, e gerido pela Dunas Capital, conseguiu portanto compor o duo de fundos desta categoria com retornos  positivos desde janeiro a setembro, beneficiando precisamente do facto de ser denominado na moeda norte-americana. Segundo a ficha de produto datada de agosto, o fundo apresentava no final desse mês, nas maiores posições em carteira, dívida pública espanhola e dívida pública italiana. Segundo as mesmas informações, o fundo apresenta cerca de 40% da sua carteira alocada a ativos com uma maturidade entre 1 e 30 dias. 

10 melhores rentabilidades de fundos fixed income desde o início do ano

Captura_de_ecra__2018-10-10__a_s_14

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro
Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas