Tags: Negócio | Pensões |

Os dez maiores fundos de pensões abertos


O relatório estatístico trimestral relativo aos fundos de pensões realizado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património, como habitual, revela algumas informações relevantes sobre este segmento. Hoje mostramos-lhe quais os maiores fundos de pensões abertos nacionais.

O maior fundo de pensões aberto no final do mês de junho era o Caixa Reforma Prudente. Contando com a gestão da CGD Pensões, este fundo segue uma política de investimento conservadora, tendo como principal objetivo a obtenção de rendimentos estáveis ao longo do tempo, com maior exposição a obrigações e mercado monetário. Gere atualmente um património de 237 milhões de euros.

Já o fundo de pensões aberto BPI Valorização figura em segundo lugar. Tendo em sua posse 219 milhões de euros em ativos sob gestão, a sua carteira é composta por 56% de obrigações de taxa fixa.

A ocupar o terceiro lugar encontra-se o Horizonte Valorização, com cerca de 150 milhões de euros em ativos sob gestão, no final do primeiro semestre. 

Gerido pela Futuro, o PPR 5 Estrelas é o quarto maior fundo de pensões aberto. Tendo uma política de investimento orientada para a rentabilidade e segurança de médio e longo prazo, através de uma diversificação de riscos adequada, conta com um património de 133 milhões de euros.

O quinto e último maior fundo de pensões aberto é o BPI Segurança, com cerca de 115 milhões de euros, no fecho do primeiro semestre. A sua política de investimento apresenta uma postura conservadora, estando condicionada por um limite de exposição a ações de 20%.

Os 10 maiores fundo de pensões abertos (30-06-2018)

1

Fonte: Dados da APFIPP, 30 de junho

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido