Os “colossos” de cada entidade nacional


O mercado nacional de fundos de investimento tinha, no final de fevereiro, mais de duzentos fundos de investimento, que totalizavam mais de 11.876 milhões de euros em ativos sob gestão, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP).

Entre as mais de duas centenas de fundos, existe um único fundo que ultrapassa a fasquia dos mil milhões de euros: o Caixagest Liquidez. Segundo os dados disponibilizados pela Morningstar este é o maior fundo da indústria doméstica, sendo gerido pela Caixagest. No final de fevereiro, o seu património era superior a 1.237 milhões de euros. 

Acima dos 500 milhões de euros figura o Millennium Prestige Conservador. Gerido pela Millennium Gestão de Activos, este produto tem subido de forma meteórica os seus ativos sob gestão. É o fundo que mais captou em 2015, totalizando mais de 85 milhões de euros em captações líquidas. Esta subida nas captações líquidas faz deste produto o maior da entidade.

Com mais de 300 milhões de euros podemos encontrar três produtos: o BPI Reforma Investimento PPR da BPI Gestão de Activos; o Santander Multiobrigações da Santander Asset Management e ainda o CA Rendimento da CA Gest.

O maior da BPI Gestão de Activos atingia, no final de fevereiro, 387 milhões de euros, enquanto fundo da Santander AM situou-se nos 369 milhões de euros. Já o fundo da CA Gest é, também, o terceiro produto que mais cresceu em captações líquidas nos dois primeiros meses do ano.

Há, ainda, outro fundo que passa os cem milhões de euros. Gerido pela GNB Gestão de Ativos, o fundo NB Liquidez fechou o mês mais pequeno do ano com 195 milhões de euros em património.

Com menos de 100 milhões

Nas restantes nove entidades com dados disponibilizados pela Morningstar, o maior fundo de cada gestora não atinge os 100 milhões de euros.  Aquele que mais se aproxima é o Montepio Tesouraria. Gerido pela Montepio Gestão de Activos este fundo tinha no final de fevereiro quase 93 milhões de euros.

Com 86 milhões surge o maior fundo da BBVA Asset Management: o premiado pela Morningstar BBVA Gestão Flexível. Já o maior fundo da Dunas Capital é o Dunas Banco BIC Tesouraria com mais de 79 milhões de euros.

Os maiores fundos das restantes entidades ficam abaixo dos 50 milhões de euros. Com 47 milhões figura o Banif Euro Tesouraria da Banif Gestão de Activos, seguido do Popular Global 25, da Popular Gestão de Activos, com 42 milhões de euros.

O maior produto da Barclays Wealth Mgr. Portugal é o Barclays PPR Life Path 2015 com 16 milhões, seguido do produto da Optimize Investment Partners. O fundo com maior volume sob gestão desta entidade é o Optimize Cap Ref PPR Equilibrado com 15,8 milhões de euros.

Os fundos Patris Tesouraria e Invest AR Médias Empresas Portugal fecham esta análise, com o maior fundo da Patris Gestão de Activos a atingir os 7 milhões e o da Invest Gestão de Activos a fixar-se nos 6,6 milhões de euros.

O maior fundo de cada gestora

FundoGestora Ativos sob gestão 
Caixagest LiquidezCaixagest 1 237 681 128 €
Millennium Prestige ConservadorMillennium Gestão de Activos 584 628 144 €
BPI Reforma Investimento PPRBPI Gestão de Activos 387 831 632 €
Santander MultiobrigaçõesSantander Asset Management 369 285 898 €
CA RendimentoCrédito Agrícola Gest 356 267 978 €
NB LiquidezGNB Gestão de Ativos 195 737 806 €
Montepio TesourariaMontepio Gestão de Activos 92 835 662 €
BBVA Gestão FlexívelBBVA AM 86 135 570 €
Dunas Banco BIC Tesouraria BDunas Capital 79 019 553 €
Banif Euro TesourariaBanif Gestão de Activos 47 107 664 €
Popular Global 25Popular Gestão de Activos 42 394 584 €
Barclays PPR Life Path 2015Barclays Wealth Mgr. Portugal 16 245 658 €
Optimize Cap Ref PPR EquilibradoOptimize Investment Partners 15 844 985 €
Patris TesourariaPatris Gestão de Activos 7 108 275 €
Invest AR Médias Empresas PortugalInvest Gestão de Activos 6 604 552 €
Fonte: Morningstar no final de fevereiro de 2015
Empresas

Notícias relacionadas