Os 10 maiores fundos de ações do mercado nacional


Quase meia centena de fundos. É o número que baliza a oferta de fundos mobiliários de ações com cunho nacional, mais concretamente 46 produtos geridos por casas portuguesas, e que reúnem muito perto de 1,5 mil milhões de euros de ativos geridos.

No conjunto dos 10 maiores fundos de ações nacionais, o maior é também curiosamente o mais novo (criado em 2013). Trata-se do fundo Caixagest Ações Líderes Globais, a cargo da Caixagest, e com quase 366 milhões de euros de ativos sob gestão no final de junho, segundo os dados da Morningstar Direct.

Apesar da liderança em ativos sob gestão pertencer a um fundo de ações globais, o resto do ranking  é maioritariamente intercalado por fundos ações Europa e fundos ações Portugal. Com muito perto de 183 milhões de euros, o Santander Acções Europa, gerido por José Antonio Montero, da Santander Asset Management é precisamente o segundo classificado desta lista, pertencendo também à mesma casa o terceiro maior fundo neste segmento. Falamos do Santander Ações Portugal, que arrecada 177,3 milhões de euros de património gerido, e tem no seu comando a gestora Dolores Solana.

Os dois fundos seguintes tratam-se de dois produtos ações EUA, de casas distintas. Com mais de 17 anos de existência, o Caixagest Ações EUA tem 105 milhões de euros de ativos sob gestão, e é gerido pela Caixagest. Mais velho, nascido em 1998, o fundo seguinte apresenta 101 milhões de euros de montante gerido: trata-se do Santander Acções América, a cargo da Santander Asset Management.

Confira os restantes maiores fundos de ações do mercado nacional:

Captura_de_ecra__2018-08-08__a_s_11

Fonte: Morningstar Direct, 30 de junho 
Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido