Tags: Obrigações | Ações |

Orey Antunes ficará com 50% do Banco Inversis


A operação de venda do Banco Inversis sofreu um volte-face e o negócio que já estava fechado e sobre o qual se davam os últimos remates com o BPA, tomou um rumo inesperado. Os principais accionistas da entidade, Banco Sabadell e Bankia, tinham acordado a sua venda, mas Banca March tinha guardado o direito de aquisição preferencial  sobre a operação e tornou-se, no final, o comprador. Como um dos proprietários da entidade, tinha direito a igualar a oferta e ficar com o banco e foi, precisamente, isso que fez. Um total de 217,4 milhões de euros será pago. O valor será imediatamente recuperado, uma vez que existe um acordo de venda do negócio de banca privada do Inversis ao Andbank, principal concorrente do BPA na operação, por 179,8 milhões, e os restantes 50% serão vendidos à Sociedade Comercial Orey Antunes por um valor aproximado a 15 milhões de euros, segundo comentaram fontes próximas da operação à Funds People.

A Banca March explicou numa informação relevante enviada à CVMV que tomou esta decisão "com o objectivo de assegurar e manter a qualidade de serviço prestado aos seus clientes e desenvolver o negócio institucional tanto em Espanha como na sua expansão internacional". O Banco Inversis é provedor estratégico de serviços à Banca March no âmbito dos mercados de valores e já o banco maiorquino também via com reticência a venda de Inversis a BPA porque os consideram concorrentes em Espanha, ao realizar através do Banco Madrid um negócio similar ao seu.

Uma vez executada esta segregação do negócio de banca de retalho, a Banca March venderá à Sociedade Comercial Orey Antunes uma participação de 50% do Banco Inversis, sujeito às pertinentes autorizações, com o objetivo de continuar a investir, de forma conjunta, no desenvolvimento da plataforma tecnológica e continuar a impulsionar o negócio institucional a nível nacional e internacional. O banco espanhol terá o controlo da entidade, algo que até agora não tinha, pois possuía apenas 5% do Inversis. 

A realização deste negócio integra-se na estratégia da Orey de desenvolver um grupo bancário com operações maioritariamente de "online financial services". Recorde-se que a Orey é um dos "white label" do Saxo Bank em Portugal e que foi em conjunto com esta entidade que fez a primeira oferta para a compra do Banco Inversis.

O Saxo Bank conta com uma plataforma tecnológica muito forte a nivel europeu, embora menos potente no que refere ao negócio de fundos. Com esta operação e dada a parceria com a Orey, esta área de negócio poderá sair beneficiada. 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido