Ordens dadas por gestoras de activos sobem em Janeiro


 

As ordens recebidas pelos intermediários financeiros de gestoras de activos portuguesas e estrangeiras aumentaram em Janeiro, tanto face ao mês anterior como em comparação homóloga, mostram os dados divulgados pela CMVM.

De acordo com a estatística relativa à actividade de recepção de ordens por conta de outrem, referente a Janeiro, as ordens da gestão de activos residente ascenderam a 2,33 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 48% face a Dezembro e de 152% quando comparado com o mesmo mês de 2012.

Nas ordens recebidas das gestoras de activos não residentes, o valor do primeiro mês do ano situou-se em 194,2 milhões de euros, correspondendo a um crescimento mensal de 26% e homólogo de 71%, segundo o relatório estatístico mensal divulgado pela CMVM.

No total foram recebidas pelos intermediários financeiros ordens no valor de 19,11 mil milhões de euros, sendo este montante superior em 23,9% ao de Dezembro de 2012 e em 49,1% ao montante verificado no primeiro mês do ano passado. Do total de Janeiro deste ano, 13,15 mil milhões correspondem às ordens dadas pelos investidores nacionais e 5,95 mil milhões às dos não residentes, mostra o mesmo documento.

Notícias relacionadas

O Mais Lido