Tags: Negócio |

Ordens dadas pelas gestoras de ativos cresceram no mês passado


"Em janeiro de 2017, o valor das ordens sobre instrumentos financeiros recebidas pelos intermediários financeiros registados na CMVM totalizou 10.393,3 milhões de euros, mais 39,9% do que em dezembro", refere o relatório do regulador com os 'indicadores mensais sobre receção de ordens por conta de outrem', referente ao mês de janeiro. No mesmo documento, é possível ver que "este indicador sobe 61,5% face a igual período do ano passado".

Na publicação do regulador é possível ver, também, o comportamento no segmento de gestão de ativos. No mês passado as ordens dadas pelas gestoras de ativos residentes atingiram o montante de 616 milhões de euros, um valor mais alto em 25% se comparado com o mês anterior. A mesma tendência de subida foi notada nas gestoras de ativos não residentes, que deram ordens no montante de 328 milhões de euros, mais 219% do que o registado em dezembro passado.

Sentimento misto em termos homólogos

Já em termos homólogos e acumulados, o comportamento é um tanto ou quanto diferente. Enquanto que nas gestoras de ativos residentes as ordens dadas em janeiro foram em menor montante do que no mesmo mês do ano passado, em cerca de 33%; nas gestoras de ativos não residentes o montante é superior em cerca de 125% face ao mês de janeiro de 2016.

 

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido