Optimize IP e Dunas Capital lideram os multiativos mais rentáveis a um ano


No ranking dos fundos de alocação que melhor retorno mostram a 12 meses há duas entidades que saem destacadas. Por um lado, a Dunas Capital e o fundo com a marca EuroBic, o EuroBic Brasil. Esta entidade e fundo surgem destacados, em termos de rentabilidade, com 16,45% a um ano, no primeiro lugar da tabela. 

A carteira do fundo está exposta principalmente ao risco obrigacionista, que ocupa 70% da carteira (65% de dívida corporativa, 5% de dívida pública), mas inclui também uma parcela significativa em ações brasileiras (26%). De notar que o fundo está denominado em dólares, o que impulsionou a rentabilidade em euros no período em análise. A Dunas Capital recorre ao expertise da brasileira Tagus Investments para a gestão do fundo. 

Em segundo lugar, destaque para a gama Seleção da Optimize IP. Os três fundos mistos desenvolvidos e geridos em parceria com a Proteste Investe superam a grande maioria dos seus pares no último ano. E fazem-no desde a abordagem mais defensiva do Optimize Seleção Defensiva, até à mais tolerante ao risco, como é o Optimize Seleção Agressiva

Em entrevista à Funds People, recentemente,  João Sousa, coordenador da Proteste Investe e Carlos Pinto, senior associate in investments, da Optimize IP explicavam o racional e a abordagem dos fundos, por ocasião do seu terceiro aniversário. 

De realçar que a Optimize IP coloca mais dois fundos multiativos na lista dos 10 fundos desta categoria, mais rentáveis a um ano. 

O quinto lugar da tabela é ocupado pelo fundo misto com um perfil de investimento socialmente responsável da Caixagest. O Caixagest Investimento Socialmente Responsável apresenta uma carteira com 65% do património alocado a obrigações e 32% a ações. 

Captura_de_ecra__2019-04-03__a_s_17

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido