Tags: Gestores |

O que aconteceu a Tanguy Le Saout?


Tanguy Le Saout já tem um novo posto de trabalho. O antigo gestor e responsável de obrigações europeias da Pioneer começou a trabalhar na Fideuram AM numa equipa ainda não confirmada, segundo noticiado pelo Citywire Selector e também confirmado pelo próprio Le Saout através da atualização do seu perfil numa rede social profissional.

A Fideuram AM (Irlanda) é uma gestora fundada em 2001 e com sede na Irlanda. Dispõe de um património de aproximadamente 40.000 milhões de euros distribuídos em 135 fundos de investimento e tem uma equipa de cerca de 30 profissionais. Atua na área da gestão de ativos da Fideuram Intesa Sanpaolo Private Banking, que por sua vez pertence ao banco italiano Intesa Sanpaolo.

Foi responsável de obrigações da Pioneer Investments durante seis anos e apresentou a sua demissão no final de 2016, depois do seu envolvimento numa investigação interna, por uma alegada atuação contra os interesses comerciais da Pioneer Investments. A sua saída da entidade, em simultâneo com a do também implicado Ali Chabaane (responsável de construção de carteiras), provocou uma reorganização na equipa de obrigações europeias da Pioneer e levou a que a Morningstar colocasse sob revisão os quatro fundos que eram diretamente supervisionados por Le Saout: Pioneer Funds Euro Aggregate Bond, Pioneer Funds Euro Corporate Bond, Pioneer Funds- Euro Bond e Pioneer Funds- Global Aggregate Bond. 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Pioneer Investments Knowledge Lab: Leveraged Loans

Promovido pela Pioneer Investments em colaboração com a Financial Times IE Business School Corporate Learning Alliance, o Pioneer Investments Knowledge Lab trouxe a Lisboa professores da instituição académica e uma profissional da entidade gestora para partilhar e discutir com os convidados ideias e métodos de investimento.

O Mais Lido

Próximos eventos