Tags: Gestores |

O plano da Lyxor AM para chegar aos 6.000 milhões em ativos na sua plataforma de alternativos UCITS


A Lyxor Asset Management prepara-se para crescer contra a maré. Após um ano difícil para as estratégias alternativas, a empresa fala do seu ambicioso plano de expansão. “A nossa ambição é crescer até aos 6.000 milhões em ativos sob gestão nos próximos dois anos”, afirmou Moez Bousarsar, diretor adjunto de seleção de Hedge Funds. 2018 serviu-lhes de teste. Porque num ano em que o segmento perdeu 5% dos seus ativos, a plataforma UCITS da Lyxor AM cresceu 35%. Os 2.800 milhões em ativos sob gestão de 2017, fecharam o ano passado nos 3.800 milhões.

Parte desse plano de crescimento consistirá no aumento da sua gama. A gestora aspira duplicar a oferta da sua plataforma, dos 10 atuais para 20 fundos alternativos em formato UCITS. De facto, já têm propostas prontas. Um será um veículo focado na dívida dos mercados emergentes enquanto o outro é um market neutral global de ações com foco numa arbitragem estatística.

O elemento comum das suas futuras estratégias resume-se à sua filosofia dos 3 Ds: diversificação, defensivos e descorrelação. Fiel ao seu ADN de trazer estratégias puras de hedge fund para o universo UCITS, afirmam estar agora centrados em apostar nos gestores não-europeus. “É um movimento que procura fornecer diversificação de gestores para os mercados europeus”, explica Bousarsar.

Empresas

Notícias relacionadas