Tags: Negócio |

O peso no mercado nacional das entidades gestoras de patrimónios


O ranking atualizado das gestoras de patrimónios foi recentemente divulgado pela CMVM no documento "Indicadores trimestrais de gestão de ativos - 3º trimestre de 2019", no qual constam dados relevantes sobre a gestão individual e coletiva de ativos em Portugal. 

São 66 702,8 milhões de euros que estão a cargo das 36 entidades enumeradas no relatório, que destaca a Caixa Gestão de Ativos e a BMO Portugal como aquelas que continuaram a ter as maiores quotas de mercado no trimestre passado, com 33,8% e 22,9% respetivamente.

Observa-se também uma manutenção no resto do top 10 de entidades com maior market share, tanto entre trimestres como face ao período homólogo, sendo que as maiores variações no valor dos ativos sob gestão ocorrem na Santander Asset Management, com um aumento de 29%, face ao mesmo período do ano anterior, e na Crédito Agrícola Gest, com uma diminuição na casa dos 13% no mesmo intervalo de tempo.

As variações mais significativas foram protagonizadas pela Golden Wealth Management e pelo BBVA, que sofreram uma diminuição na sua representatividade no mercado, associada a uma redução no volume de património sob gestão. Nestas movimentações a Atrium Investimentos e o BIG aproveitaram para reforçar a posição, com destaque para a instituição bancária que ascendeu dois lugares na tabela face a 2018. No que lhe concerne, o Haitong Bank registou uma subida exemplar, motivada pelo aumento em quase 50% no valor dos ativos que gere, em comparação com o trimestre passado (+ 44% face ao período homólogo).

Captura_de_ecra__2019-11-14__a_s_14

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos