O mês de novembro no mercado de fundos mobiliários nacional


Os dados divulgados este mês pela CMVM relativamente ao mercado nacional de fundos de investimento mobiliário no final de novembro mostram que o valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários totalizou os 12.270,1 milhões de euros, mais 249,5 milhões do que em outubro. Este valor representa um crescimento de 2,1%. Já os organismos de investimento alternativo viram os ativos sob gestão a recuar 1,5% no mês para os 371,4 milhões de euros. O total do mercado ascende então a 12.641,5 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2019-12-17__a_s_16

 

A ordenação das sociedades gestoras por quota de mercado manteve-se inalterada. A IMGA e a Santander Asset Management foram as entidades gestoras que mostraram a variação positiva mais expressiva. 

 

Captura_de_ecra__2019-12-17__a_s_16

Em novembro foi constituído o fundo de investimento de ações de poupança reforma BPI Reforma Global Equities PPR/OICVM, gerido pela BPI Gestão de Activos, como já havia reportado a Funds People. Segundo o gestor do fundo, Luis Alvarenga “o BPI Reforma Global Equities PPR/OICVM investirá o seu património no mercado acionista, sendo indicado para investidores que tenham apetência e capacidade para suportar uma elevada volatilidade nas suas poupanças afetas ao BPI Reforma Global Equities PPR/OICVM”.

No mesmo mês foram também liquidados dois fundos de investimento alternativo em valores mobiliários, geridos pela Caixa Gestão de Ativos, nomeadamente o Caixagest Estratégias Alternativas e o Caixagest Matérias Primas.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido