Tags: Pensões |

O mercado de fundos de pensões valorizou cerca de 1,1% no primeiro trimestre


A Mercer já publicou os dados relativos ao segmento dos fundos de pensões nacionais, para o primeiro trimestre do ano. Segundo a consultora, o segmento obteve uma rendibilidade de cerca de 1,1% no período em questão, com o mercado acionista a valorizar perto de 2,6% e com o mercado obrigacionista a variar "entre valores positivos e negativos", diz o comunicado da entidade.

No mesmo documento, da Mercer apontam que "durante o trimestre, os investidores estiveram atentos às medidas preconizadas pelo BCE e FED". Além disso, "algumas das principais economias apresentaram resultados de crescimento económico", que teve "impacto positivo nos mercados financeiros". Na mesma linha, "algumas das principais cotadas economias revelaram os resultados de 2016, superando as expetativas e tendo um impacto positivo no mercado acionista".

Na publicação, Luiza Cohen, wealth consultant na Mercer, revela que o "ano de 2016 foi um ano de grande volatilidade nos mercados financeiros". Apesar da volatilidade, o ano de 2016 terminou com resultado positivo, com o segmento acionista a valorizar cerca de 9% e o obrigacionista cerca de 3%. Com estes dados, "o mercado de fundos de pensões em Portugal valorizou 1,9%", durante o ano passado.

Veja o vídeo com o comentário de Luiza Cohen aqui.

Notícias relacionadas

O Mais Lido