Tags: Obrigações | Ações |

"O mercado de dívida 'high yield' é relativamente seguro"


Dado o baixo nível da taxa interna de retorno que oferece a divida 'high yield' neste momento do ciclo, é legítimo perguntar de onde virá  a correcção.

A primeira suspeita seria de uma subida da taxa de falta de pagamento, mas esta continua num nível muito moderado e não parece que vá a subir tendo em conta o cenário actual, com dados macroeconómicos que estão a melhorar.

O segundo motivo poderá ser uma escalada da inflação que conduza à subida das taxas de juro. A inflação gerada pelas importações não terá esse efeito, já que no longo prazo esta poderá, precisamente, gerar o inverso - deflação, ao reduzir o poder de compra do consumidor que em consequência afectará negativamente o crescimento económico. Por outro lado, a inflação causada pela subida dos salários poderia levar a essa subida das taxas de juro, embora não pareça muito provável dada a elevada taxa de desemprego que ainda se regista no presente.

Portanto, a conclusão de Tom Eillott, publicada no último Market Insights, da J.P. Morgan AM, é que o mercado 'high yield' é relativamente seguro.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido