Novo fundo da Santander AM "permite diversificar a oferta de produtos de médio prazo"


Em Junho, segundo a CMVM, foi constituído o fundo especial de investimento "Santander Ibérico Maio 2013 – FEIA", gerido pela Santander Asset Management (AM). A gestora registou um aumento de 155 milhões de euros no volume sob gestão desde o início. De acordo com os último relatório mensal da APFIPP, a Santander AM representa, em Junho, 11,2% no mercado português de fundos de investimento mobiliário.

Este lançamento ocorre numa fase de crescimento e porque "foi detectada a necessidade por parte dos diferentes segmentos, de um fundo com vencimento definido e com distribuição anual de rendimentos, baseada na identificação clara dos emitentes e do retorno que o cliente poderia vir a incorrer", referem desde a Santander AM.

Trata-se de um "fundo que vem completar a gama de fundos existente e adicionalmente permite diversificar a oferta de produtos de médio prazo e com um potencial de valorização superior a outros produtos de curto prazo", acrescentam. A carteira do fundo publicada na entidade reguladora apresenta uma distribuição de activos de 61,35% do valor líquido global em títulos de dívida pública, 35,5% em obrigações, especialmente emissões corporativas, e o restante em liquidez.

Da sociedade gestora sublinham, ainda, que "o fundo destina-se a investidores com tolerância média ao risco e que pretendem constituir poupanças de médio prazo".

 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos