Tags: Negócio |

Nova queda do valor sob gestão dos fundos mobiliários nacionais


À semelhança do que se verificou no mês de julho, o valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários voltou a recuar no oitavo mês do ano. De acordo com os dados publicados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, este apresentou um decréscimo de 98,2 milhões de euros (0,9%), tendo-se fixado nos 11.020,3 milhões de euros. O valor sob gestão dos fundos de investimento alternativo, por sua vez, seguiu o mesmo caminho, registando uma queda de 4,1%.

Nota, ainda, para a liquidação do fundo de obrigações da responsabilidade da Popular Gestão de Ativos, o Popular Euro Obrigações, que no final do mês de julho detinha um volume de ativos sob gestão de 1,72 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-09-12__a_s_10

Fonte: CMVM

Já o valor das aplicações nos segmentos de ações de emitentes nacionais e de dívida pública nacional decresceu 2,9% e 3,2%, respetivamente, enquanto que subiu no de ações de emitentes estrangeiros (0,6%) e de dívida pública estrangeira (1,9%). Quanto ao valor aplicado em obrigações, este manteve-se inalterado do lado dos emitentes nacionais, tendo recuado 0,4% na de estrangeiros.

Captura_de_ecra__2018-09-12__a_s_10

Fonte: CMVM

Ordenação das entidades gestoras nacionais sem alterações

O mês de agosto revelou ser pouco propício no que diz respeito a alterações na ordenação das entidades gestoras nacionais, sendo que a Caixagest foi a única das três principais entidades que reforçou a sua quota de mercado no período em questão. 

Captura_de_ecra__2018-09-12__a_s_10

Fonte: CMVM

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente