Tags: Obrigações | Ações | ETF |

Negociação de ETF’s na bolsa portuguesa cai 60%


A negociação de ETFs na bolsa portuguesa decresceu significativamente este ano, face a 2011, uma quebra que se reflecte na quantidade e valor transaccionados, já que o número de negócios aumentou.

Até ontem, e numa altura em que faltam cerca de duas semanas para terminar 2012, a quantidade total negociada era de 4.304.081 - menos 61,9% que no ano passado -, o que corresponde a um valor de 28.795.700 euros, tendo sido feitos 788 negócios, de acordo com dados da NYSE Euronext Lisbon. No ano completo de 2011 foram realizados 672 negócios, com a quantidade transaccionada a ascender a 11.284.089 e o volume a 106.927.932 euros.

Esta quebra significativa não foi contudo transversal aos três ETFs cotados na bolsa portuguesa. O ComStage ETF PSI 20 Leverage, um dos dois lançados pelo Commerzbank, deverá terminar este ano com um montante idêntico ao de 2011, sendo que, até ontem, a quantidade negociada situava-se em 1.144.649, quando no total do passado foi de 1.773.056. No caso do outro fundo da referida gestora, o ComStage ETF PSI 20, a quantidade está em 2.219.959, menos de metade dos cerca de seis milhões em 2011.

O terceiro fundo, da ESAF, o ESAF NYSE Euronext Iberian ETF, tinha no final de segunda-feira uma quantidade negociada de 939.437, o que corresponde a menos 2.522.367 que no total do ano passado, de acordo com os dados da NYSE Euronext Lisbon.

Notícias relacionadas

O Mais Lido