Tags: Negócio |

Navigator: a cotada nacional preferida dos fundos mobiliários no mês passado


A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) publicou o seu relatório mensal onde se podem ver os "indicadores de síntese dos organismos de investimento coletivo e dos fundos de investimento alternativo”. No documento é possível verificar que "o valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários (OICVM) totalizou 9.248,0 milhões de euros, mais 503,4 milhões de euros (5,8%) do que em dezembro. Nos fundos de investimento alternativo (FIA) o valor sob gestão caiu 21,5% para 1.849,5 milhões de euros". Em termos totais, o montante ficou praticamente inalterado, já que diminiu cerca de 0,03%, ou seja, cerca de três milhões de euros - passou de 11.100 para os 11.097 milhões de euros.

Número de fundos em queda

O primeiro mês do ano também trouxe uma diminuição no número de fundos disponibilizados pelas entidades nacionais. De dezembro para janeiro o número diminuiu em quatro, tendo ficado disponíveis 170 produtos. A diminuição fez-se à custa da liquidação de quatro fundos, todos geridos pela Banif Gestão de Activos: o Banif Ibéria, o Banif Acções Portugal, o Banif Euro Corporates e ainda o Banif Euro Acções.

Ainda assim, foram registados mais alguns movimentos, todos na Caixagest. Foi lançado o fundo Caixagest Investimento Socialmente Responsável, enquanto que o produto Caixa Fundo Monetário foi incorporado no Caixagest Liquidez, tendo este último alterado a sua tipologia de Fundo do Mercado Monetário para Fundo de Investimento Mobiliário.

Navigator passou a ser a cotada nacional preferida

O investimento dos fundos nacionais em ações portuguesas decresceu ao longo do mês passado. De acordo com a CMVM o valor investido ascendia a 145 milhões de euros, menos 12,3% do que o valor aplicado no final do ano passado. Das dez cotadas preferidas, apenas duas cotadas aumentaram o seu peso nos fundos mobiliários nacionais: a Jerónimo Martins e a Altri, embora nenhuma seja das cotadas onde os fundos mais investem.

A Navigator fechou o mês a liderar a lista, com o montante aplicado pelos fundos nacionais a atingir mais de 13,7 milhões de euros, seguido da Sonae SGPS e ainda da EDP Renováveis - ambas com o valor a rondar os 12,7 milhões de euros. Na casa dos 12 milhões de euros ainda encontramos mais uma cotada: a NOS SGPS.

Em termos internacionais, a Siemens continua a ser cotada preferida na União Europeia - com mais de 17 milhões de euros - enquanto que fora da União Europeia é a Apple a preferida, com um montante de 16,9 milhões de euros.

 

Empresas

Notícias relacionadas