Multi-ativos defensivos: Popular 25 é o mais rentável desde o início do ano


Apesar dos fundos multi-ativos defensivos terem uma componente de ações bastante diminuta (não mais de 35% da carteira investe no mercado acionista, segundo os critérios definidos pela APFIPP) os produtos inseridos nesta categoria conseguem um retorno médio de 1,38% desde o início do ano (dados de final de agosto da Associação), o que poderá ser indicativo da capacidade de gestão e alocação executada pelas entidades nacionais.

O Popular Global 25, a cargo da Popular Gestão de Activos, é o produto destacado da categoria desde o início do ano. Com um nível de risco 3 atribuído pela APFIPP, o fundo de fundos alcança um retorno de 3,63% no período e a sua maior posição, segundo a ficha de produto, é o fundo Candriam High Spread. A carteira é composta por 66,09% de obrigações, 26,42% de ações e 7,49% de outros.

O segundo fundo com maior retorno é o Caixagest Seleção Global Moderado. O produto da Caixagest apresenta um retorno de 2,25% desde o início do ano e, tal como o antecessor, é também ele um fundo de fundos, cuja carteira apresenta nos primeiros postos um fundo da BNP Paribas -  Parvest Bond Euro Corporate I C – e da Janus Henderson Investors  - Henderson Horizon Euroland. O fundo é classificado pela Associação com o nível de risco 3 no período.

O EuroBic Investimento, gerido pela Dunas Capital, apresenta-se no terceiro posto deste ranking com um retorno de 2,07%. A ficha de produto do fundo mostra que a maior posição em carteira é de dívida pública italiana. Tal como os antecessores, o fundo apresenta um nível de risco 3 atribuído pela APFIPP.

Fundos multiativos defensivos desde o início do ano 

Captura_de_ecra__2017-09-12__a_s_16

Fonte: APFIPP, 31 de agosto

Empresas

Notícias relacionadas