Tags: Movimentos |

Mudanças na cúpula da Aberdeen Standard Investments: Martin Gilbert deixará o seu cargo de CEO


Passaram dois anos desde que a Aberdeen e Standard Life executaram uma fusão que resultou na criação da Aberdeen Standard Investments, um gigante da indústria de gestão de ativos com mais de 500.000 milhões de libras em ativos sob gestão. No comando da nova entidade gestora encontravam-se, até agora, dois profissionais com uma ampla experiência no mundo da gestão de ativos, Keith Skeoch, proveniente da Standard Life Investment, e Martin Gilbert, da Aberdeen, que dividiam o cargo de CEO da nova empresa.

No entanto, esta situação durou apenas um ano já que a entidade comunicou que Gilbert decidiu não se apresentará agora para reeleição na próxima assembleia-geral que terá lugar no dia 12 de maio de 2020, pelo que deixará o cargo de CEO a 30 de setembro do próximo ano.

“Foi uma viagem incrível, quase inimaginável desde os primeiros dias em que apenas três pessoas constituíam a equipa da Aberdeen, com 50 milhões de libras em ativos sob gestão que agora chegam aos 500.000 milhões de libras. Durante mais de 30 anos fui afortunado por ter podido trabalhar com uma equipa brilhante e gostaria de agradecer a todos os que me permitiram a oportunidade de os acompanhar nesta viagem. Deixo a empresa em muito boas mãos e muito bem posicionada para continuar o crescimento ”, afirma Gilbert, que, a partir do próximo ano, começará a reduzir as horas de trabalho na gestora neste processo de transição.

Douglas Flint, presidente da Aberdeen Standard Investment, agradeceu a Gilbert o trabalho desenvolvido durante todos estes anos, sobretudo depois da fusão que se produziu em agosto de 2017 os detalhes de quem produzirá a fusão em agosto de 2017. “A sua habilidade para atrair talentos para o sucesso e o seu compromisso implacável com os clientes da empresa, deixa um legado do qual deve estar imensamente orgulhoso e que serve como uma base sólida para o futuro", afirmou.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido