Tags: Pensões |

Mudanças do regime fiscal: o risco que preocupa os fundos de pensões


Ainda dissecando a sétima 7ª edição do relatório de Análise de Riscos do Sector Segurador e dos Fundos de Pensões, é possível verificar mais uma das preocupações do atores de mercado, neste caso mais concretamente das gestoras de fundos de pensões.

Recorrendo às conclusões do inquérito1 realizado às seguradoras e gestoras de fundos de pensões - refletidas nesse mesmo relatório - é possível indicar que no caso dos fundos de pensões em específico, o risco de alterações do regime fiscal é a grande pedra no sapato das entidades responsáveis pelos produtos.

Classificação dos riscos específicos dos Fundos de Pensões

Captura_de_ecra__2016-09-9__a_s_17

Fonte: ASF

Como é possível verificar na figura acima, o risco de que o regime fiscal sofra alterações é classificado como sendo um "risco médio alto".

Da ASF escrevem no regulatório que “globalmente, a nota dominante é de estabilidade, tanto ao nível da evolução passada como da antevista para o futuro, pese embora exista alguma representatividade de opiniões que contemplam a possibilidade de os riscos biométricos assumirem, futuramente, um reforço da sua relevância, o que justifica a atualização das bases de negócio”.

1 O inquérito é referente ao segundo semestre de 2015

 

Notícias relacionadas

O Mais Lido